top of page
  • Foto do escritorVet + Vida Clínica Veterinária

Por que o chocolate é tóxico para cães e gatos?

Atualizado: 25 de mar.

A Páscoa é um período do ano em que o chocolate se torna o grande protagonista nas celebrações e presentes. Entretanto, é também um momento em que o cuidado com nossos pets deve ser redobrado. Muitos tutores talvez não saibam, mas o chocolate é extremamente tóxico para cães e gatos. Neste artigo, vamos explorar os motivos dessa toxicidade e como podemos proteger nossos amigos de quatro patas durante a celebração mais doce do ano.


O que você vai encontrar nesse post:



Por que chocolate é tóxico para cães e gatos?

A substância presente no chocolate que é nociva para cães e gatos chama-se teobromina. A teobromina, assim como a cafeína, que também pode estar presente em chocolates, pertence à família dos alcaloides metilxantinas. O metabolismo dos nossos pets é bem diferente dos humanos e, por isso, eles têm dificuldade em processar e eliminar essa substância em seu organismo.


A quantidade de teobromina presente no chocolate varia de acordo com o tipo de chocolate e a quantidade ingerida. O chocolate amargo e o chocolate em pó contém maiores quantidades do que o chocolate ao leite, como explicamos anteriormente.


Além disso, a toxicidade do chocolate para cães e gatos também depende do tamanho e do peso, sendo que pets menores são mais suscetíveis aos efeitos tóxicos.


Quais alimentos possuem teobromina?

A teobromina é encontrada naturalmente em algumas plantas, como o cacau, o chá, o guaraná e a erva-mate e alguns refrigerantes que contêm extrato de cacau em sua composição.


No entanto, o cacau é o alimento mais conhecido por conter teobromina em maiores quantidades, e é por isso que o chocolate é o alimento mais comumente associado à toxicidade por teobromina em cães e gatos.


Quais os sintomas da ingestão de chocolate por cães e gatos?

Os sintomas de intoxicação por chocolate em pets podem variar em gravidade, mas geralmente incluem vômito, diarreia, respiração ofegante, inquietação, aumento da frequência cardíaca, tremores musculares e, convulsões, problemas gastrointestinais e, em casos graves, levam a óbito.


A severidade dos sintomas está diretamente relacionada à quantidade de chocolate ingerido e ao tipo de chocolate. Chocolates mais escuros e puros contêm níveis mais altos de teobromina e são, portanto, mais perigosos.


Meu pet comeu chocolate, e agora?

É importante observar qualquer sinal de alteração de comportamento ou de saúde em seu pet, após a ingestão de chocolate ou qualquer outro produto que contenha teobromina.


Se você suspeita que seu amigo de quatro patas ingeriu chocolate ou qualquer outro produto tóxico, procure imediatamente atendimento veterinário. Quanto mais cedo o tratamento for iniciado, maiores são as chances de um desfecho favorável.


 

Endereço: Avenida Dezesseis de Agosto, Nº 16, São Roque - SP

Horário de funcionamento: Segunda à sexta das 08h às 20h | Aos sábados das 08h às 13h Telefone: (11) 4784-3641 | (11) 97205-9451 | (11) 96862-8725

53 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page