top of page
  • Foto do escritorVet + Vida Clínica Veterinária

Saiba mais sobre as prinicpais vacinas para gatos!

Cada vez mais os lares brasileiros estão optando por ter um gatinho, Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), atualmente a população de gatos domésticos no país é de 23,9 milhões e com esse aumento, os cuidados com os pets também crescem!


Alguns pontos são essenciais quando falamos da saúde dos nossos amigos de quatro patas e dentre eles, estão as vacinas para gatos pois apesar de quase ninguém duvidar da eficácia das imunizações felinas, o assunto ainda gera dúvidas: Quais são as principais aplicações? Qual é a frequência ideal? Quais opções são adequadas para um gatinho bebê?


Para responder a essas dúvidas, preparamos um guia completo sobre as principais vacinas para gatos!


Por que devo vacinar o meu gato?

A vacinação para gatos é a principal maneira de imunizá-los contra diversas doenças graves. Elas agem sobre o organismo criando anticorpos e fortalecendo o sistema imunológico contra agentes, como vírus e bactérias.


Em geral, a vacinação acontece ainda quando são filhotes, entre seis e oito semanas. Antes disso, eles ainda possuem os anticorpos da mãe, que passam por meio da placenta. Isso pode inativar grande parte do agente vacinal.


Caso você adote ou resgate um gatinho já adulto, leve-o ao veterinário para avaliação do quadro geral de saúde. Se não tiver cartão de vacinas, revaciná-lo será a melhor indicação. Assim, ele deverá tomar duas doses da vacina múltipla e uma dose da antirrábica, ou de acordo com as orientações do médico veterinário.


Vale lembrar também que não é recomendado passear com seu gato, permitir que ele vá para a rua ou tenha contato com outros pets, antes de ser vacinado.


Quais vacinas meu gato tem que tomar?

Uma das primeiras imunizações para felinos que um tutor deve buscar é a polivalente. Como o nome indica, essa simples injeção protege o bichano de várias doenças, sendo imprescindível.


Quanto maior o número, maior a quantidade de doenças sobre as quais a vacina age. Estas são vacinas para gatos filhotes e devem ser dadas em três doses, sendo uma logo aos dois meses de vida (60 dias), a segunda aos três meses (90 dias) e a última com quatro meses (120 dias).


Vacina V3 para gatos

A vacina V3 protege contra três doenças graves:

  • Panleucopenia: causada pelo Parvovírus (FPV) – mesmo vírus que causa a Parvovirose Canina – a Panleucopenia pode ter mortalidade alta em filhotes e leva a quadros de febre alta, falta de apetite, diarreia, vômito, depressão e queda no número de leucócitos;

  • Calicivirose felina: infecção viral provocada pelo calicivirus (FCV), que afeta o sistema respiratório dos gatos, causando úlceras e feridas na região da boca, febre, salivação excessiva, doenças oftalmológicas e outros sintomas. É altamente contagiosa e, por isso, a vacina é tão importante;

  • Rinotraqueíte viral felina: causada pelo Herpesvírus felino 1 (HVF-1), da família Herpesviridae e uma das principais causas das infecções respiratórias em gatos. Pode provocar espirros, febre, conjuntivite, coriza e outros sintomas.


Vacina V4 para gatos

A vacina para gatos quádrupla (V4) é capaz de prevenir contra as mesmas doenças da vacina anterior, porém também imuniza contra a Clamidiose Felina.


Esta é uma infecção bacteriana que afeta sobretudo o globo ocular, evoluindo para o sistema respiratório. Com isso, pode causar conjuntivite, corrimento ocular e nasal constante, espirros, apatia, falta de apetite, dificuldade de respirar, febre e pode ocasionar uma pneumonia.


Vacina V5 para gatos

Já a vacina quíntupla (V5), tem as mesmas funções da V4, acrescendo a imunização contra a Leucemia Felina (FeLV). Esta é uma doença muito grave, que compromete o sistema imunológico do gato, tornando-o mais vulnerável a infecções, problemas reprodutivos, lesões na pele, desnutrição (já que ele perde a vontade de comer, em estágios mais avançados), cicatrização lenta e outros sintomas. É a doença que mais mata gatos no Brasil - o índice de mortalidade chega a 85% - e a expectativa de vida do animal infectado diminui consideravelmente, chegando a apenas três anos.


Vacina Antirrábica para gatos

Uma doença sem cura e com índice de mortalidade de 100%, a Raiva é uma zoonose (transmitida de animais para seres humanos), que só pode ser prevenida com a vacina. Trata-se de uma infecção que atinge o sistema neurológico do animal e evolui de forma muito rápida, levando ao óbito em poucos dias. O gato pode apresentar medo de água, de luz, falta de apetite e ficar extremamente agressivo, dentre outros sintomas. A vacina antirrábica deve ser dada em dose única, com quatro meses de vida (120 dias). Depois, deve-se fazer o reforço anual da vacina.



Existe vacina para gatos com toxoplasmose?

Infelizmente, a resposta para esta pergunta é não. Causada pelo parasita Toxoplasma gondii, a Toxoplasmose é uma zoonose em que o gato é o hospedeiro definitivo. Apesar disso, é importante dizer que apenas 1% dos gatos elimina os cistos do parasita no ambiente, dificultando a transmissão direta para pessoas.


Nos gatos, pode levar a distúrbios respiratórios, convulsões, paralisia, sintomas neurológicos, gastrointestinais e oculares. Para prevenir, o ideal é manter os ambientes e a bandeja sanitária higienizados, levá-lo sempre ao veterinário, não dar carne crua ao seu pet (dê preferências às rações) e evitar as famosas "voltinhas” na rua.


Calendário de vacinação para gatos

É importante saber quando cada uma das vacinas deve ser administrada. Nesse sentido, é recomendado montar uma tabela de vacinação para gatos, específica para o pet. Em geral, o calendário segue algumas datas:

  • Entre 6 e 8 semanas: primeira dose da vacina polivalente V3, V4 ou V5 (3 doses com intervalo de 21 a 30 dias e após isso, reforço anual);

  • A partir de 16 semanas: aplicação da vacina antirrábica (reforço anual).


 

Endereço: Avenida Dezesseis de Agosto, Nº 16, São Roque - SP

Horário de funcionamento: Segunda à sexta das 08h às 20h | Aos sábados das 08h às 13h Telefone: (11) 4784-3641 | (11) 97205-9451 | (11) 96862-8725

49 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


bottom of page